Anfitriãs

Home/Hotel de Dog/Anfitriãs
Anfitriãs 2017-07-07T12:11:28+00:00

Ventoinha e Hiena

DSC_0016

Hiena e Ventoinha são moradoras da casa muito antes de pensarmos em abrir o hotel para cães. Filhas de uma boxer e pai desconhecido, elas são lindas. No início, eram sérias e muito medrosas.

Foi um desafio muito grande receber hóspedes sem saber como elas reagiriam. Fizemos o primeiro teste com a cachorrinha da minha sogra, uma schnauzer, a Pitty. A Ventoinha, muito curiosa, ficou cheirando bastante tempo, sem nenhum sinal de agressividade. A Hiena ficou mais no canto dela. O engraçado é que a Pitty não gosta muito de outros cachorros, mas com as meninas ela ficou totalmente confortável, bom sinal.

Depois recebemos uma shitzu, e foi a mesma coisa. Ótima recepção por parte delas. Até o dia que recebemos de uma vez seis cachorros, duas fêmeas e quatro machos. O resultado disso foi que as meninas aprenderam a brincar e se tornaram cachorras muito mais felizes. Foi a coisa mais linda do mundo ver essas grandonas brincando como se fossem filhotes.

A cada dia que passa elas ficam mais amorosas e menos medrosas. Adoram as pessoas, são adoráveis e muito amadas.

Kron e Mandioca

DSC_0011

Tanto a Mandioca quanto o Kron foram adotados por nós. Chegou uma hóspede que ia ficar dois meses aqui no hotel, a Megy, a dona dela só esqueceu de nos avisar que a Megy estava grávida. Um mês depois nasceram 4 filhotes lindos. Tinha uma cor de chocolate que era a mais esperta de todas, conseguimos adoção para todos, menos para a chocolate, ainda bem! Mandioca desde muito neném aprendeu a socializar com cães de todos os tamanhos. Ela é super inteligente e super sociável, foi um grande presente para nós.

O Kron surgiu depois, estávamos super empolgados, pois o Kron era um grande cliente para adestramento. Ficamos com ele dois meses, treinando-o todos os dias. O que aconteceu foi que eu me senti dona dele, mesmo sabendo que ela não era meu. Eu sentia um amor muito forte por ele, e só de pensar em devolve-lo eu já sofria. Percebi que o dono dele estava distante, então comecei a ficar preocupada. Como iria devolver para um dono que não estava ligando muito para esse cão tão maravilhoso e especial para mim? Eu nunca pensei em ter um pitbull, mas depois que conheci o Kron, fiquei apaixonada por essa raça. Fiz uma proposta para o dono dele: ele me dava o Kron e assim, não precisaria pagar pelo serviço de adestramento. Em 10 minutos recebi a resposta de aprovação. O Kron é nosso!

O Kron é um dos cachorros mais dóceis que ja vi. Tanto com gente quanto com outros cães.